Surpresa!!!

Para amigo João Celorico, a Aldeia da minha vida oferece este blogue, para dar voz às suas palavras simples e singelas, e colocar lá no alto vivências mágicas vividas, com a sua terra no coração.

Se é por falta de tempo...ou de conhecimentos para mexer no blogue, não há mal nenhum nisso! Envie as suas criações poéticas e nós teremos todo o gosto em publicar aqui!

A casa já tem amigos: 6 seguidores, incluindo eu! Entre na sua casa e veja os comentários que alguns de nós deixámos!

Atenciosamente, Susana

Um blogue cheio de poesia, com cheirinho a saudades de uma terrinha raiana, a Salvaterra do Extremo...e não só!

Blogagem colectiva

Blogagem colectiva
Na minha terra come-se bem!

Blogagem Colectiva

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

À festa de Arrentela...

Até o nome desta terra
causa grande confusão
mas isso não emperra
a escrita ao Zé do Cão!

Fala do Beato de Santa Maria
e o tom já sobe um bocado
pois não vai longe o dia
em que Nuno foi canonizado!

E que tal, aquelas bandas?
Meus senhores, vejam só!
Puseram tudo em bolandas,
depois, tocaram sem “Dó”!

E foi assim, desta maneira,
que se acabou. Tudo em bem!
Acabou-se a brincadeira!
Não há coreto p’ra ninguém!

E as fragatas do Tejo,
quando o tempo amaina,
ainda hoje eu as vejo,
mas não na sua faina!

Hoje, são só para passear
nas doces e calmas águas.
Não são para transportar
fragateiros e suas mágoas!

Bom texto, sim senhor,
este sobre a Arrentela
e a minha rima seria melhor
se feita ao Zé da Cadela!

João Celorico


2 de Setembro de 2009 1:39

2 comentários:

  1. Zé Cadela? ahahahah

    A "Cadela" apanhei eu!
    com aguardente quentinha
    e agarrei-me ao morfeu
    e dormi que nem anjinha!

    Pior foi ao acordar
    que até estrelas eu via
    e jurei que nunca mais
    daquela mistela eu bebia!

    Eu sou cusca endiabrada
    e não conheço Arrentela
    mas saio já disparada
    à procura do "Zé cadela"

    ResponderEliminar
  2. Porque falta o tempo e a inspiração, em alternativa deixo o meu rasto, com uma cópia do comentário que escrevi agorinha mesmo no teu "refúgio" ...

    "Ai "balha-me a sta engrácia"!

    Já li e reli este texto e não me sai da cabeça que a D. Cesaltina podia estar a meio de uma reza ao "Deus Baco" e vocês, grandes desalmados, interromperam-na! Vais ver que és o responsável por ter ficado solteira.

    Neste teu texto publicado no cantinho da Susana, a Elvira faz referência ao mito criado à volta dos malefícios que a MULHER pode, involuntariamente e em certos dias do mês causar ao vinho, e lembrei-me que fui protagonista duma dessas cenas há poucos anos eheheh

    Hummmm mas estou como diz a cusca, agora sabia-me bem uma pinguina no cimo de um copo, desse nectar que tão orgulhosamente exibes.
    Deve estar cá uma "pomada" como diz o meu padrinho ahahahah

    jinhos"

    ResponderEliminar

Seguidores

Acerca de mim

Lisboa, Portugal
Beirão de raiz mas quase só isso. Interessado em tudo quanto tenha interesse. Bloguista acidental. Amigo do seu amigo.